Compartilhar isto

Assine a Rock News!

Conteúdos sobre autoconhecimento! :)

Como se comunicar melhor com pessoas difíceis

Como conversar com pessoas difíceis
Helena Sachs
Compartilhar isto

O conteúdo começa após a sugestão abaixo

Qual é a cor do seu perfil?

Descubra quais são seus pontos fortes e em quais habilidades você precisa investir. Faça o Teste das Cores e comece agora a transformar sua vida.

Às vezes nos pegamos julgando as pessoas com que convivemos, seja no trabalho ou na vida pessoal, por considerar que elas são difíceis de lidar. Mas você já parou para refletir que, na verdade, talvez a pessoa difícil possa ser você? Conhecer melhor a si mesmo e as características de personalidade do seu interlocutor pode fazer toda a diferença antes de encarar aquela conversa decisiva. Veja a seguir como estar preparado para essas situações.

Aprendendo a se comunicar na linguagem do outro

A comunicação faz parte de todas as nossas relações e deve ser pautada pelo respeito e pela empatia. O passo inicial para uma boa conexão de ideias é compreender que ninguém é igual a ninguém.

A pessoa considerada difícil de lidar é justamente aquela que não consegue ter um olhar para o outro ou se comunicar na sua linguagem, por acreditar que as pessoas são sempre iguais a ela. Ou seja, ela espera ser compreendida e amada ainda que não tenha buscado adaptar a sua maneira de ser, de se comunicar e de ver o mundo pela lente do outro.

Especialistas em comunicação pessoal chamam isso de Técnica do Espelhamento — ou Rapport, em francês. Trata-se de observar seu interlocutor enquanto conversa e adaptar, corporalmente, seus gestos, postura, tom e ritmo de fala a ele.

Fazendo isso você se comunica com mais assertividade e evita más interpretações.

Como ter uma conversa difícil com o seu chefe

Se você não tem o próprio negócio ou trabalha sozinho, pense por um momento no seu chefe. É aquela pessoa que parece estar sempre correndo contra o relógio, com vários problemas a resolver e decisões a tomar para que, no final do dia, consiga atingir os bons resultados que a empresa precisa. Quando for conversar com ele, como você deve agir?

É nítido que não vai dar para apresentar um powerpoint com 3 horas de duração ou estender a conversa por muito tempo, por isso é importante ser objetivo e ir direto ao ponto quando for conversar com pessoas em posição de chefia.

Em vez disso, demonstre as ações que estão sendo tomadas por você ou sua equipe para que os resultados futuros se concretizem.

Esse perfil geralmente gosta de se relacionar com pessoas seguras, firmes em suas ideias e focadas na ação. Por isso, deixe para trás o que aconteceu no passado, aprenda com os seus erros e coloque em prática tudo aquilo que almeja.

Pessoas racionais e controladoras pedem uma comunicação menos informal

Você certamente conhece aquela pessoa que gosta de planejar tudo com antecedência, que é pautada por rotinas e horários e só funciona se for seguindo seus rituais.

Se esse não é o seu estilo, é necessário entender que quando for trabalhar com alguém desse perfil mais metódico precisa se esforçar para que seu modo de fazer e combinar as coisas não seja um fator gerador de ansiedade em seu interlocutor.

A comunicação com pessoas racionais deve priorizar fatos e dados, trazendo à conversa as informações sempre de forma organizada, de preferência com planilhas e estatísticas.

Além disso, por serem mais conservadores e formais, é interessante ficar atento para não levar a conversa para o pessoal.

Seja paciente quando se relacionar com pessoas criativas

Conviver ou dividir um projeto de trabalho com uma pessoa criativa tem muitas vantagens. Sempre antenados às tendências, eles gostam de discutir cenários futuros, preocupam-se e conectam-se a propósitos e geralmente encontram as soluções mais originais para os problemas. O único detalhe é que isso exige tempo — e nem sempre você vai ter!

A dica para se relacionar bem com esse perfil de pessoa é uma só: tenha paciência, dê tempo ao tempo. Também conhecidos como reflexivos, não é raro que esses seres de mente mais aberta passem boa parte do seu tempo no mundo da lua, distraindo-se com facilidade e perdendo o foco do objetivo inicial da conversa.

Para sua troca render melhor com esse perfil, foque nas perspectivas de futuro e nas ideias, deixando de lado os resultados e os detalhes. Também vale fazer bastantes perguntas e reservar um tempo para que a discussão flua da maneira mais produtiva possível.

Como cobrar e ter conversas duras com pessoas sensíveis

Quem não tem aquele colega ou subordinado que exala sentimentos, está sempre pensando no próximo, é alto astral e adora fazer novas amizades? Extrovertidos, eles costumam ter facilidade na comunicação, o que não significa que você não terá problemas quando tiver que cobrar ou ter uma conversa mais dura com alguém desse perfil.

Pessoas com essas características mais sensíveis podem se magoar com facilidade quando não correspondem às expectativas de um chefe ou parceiro, por exemplo. Quando precisar dar um feedback mais severo ou manifestar alguma insatisfação, o melhor caminho é elogiá-las primeiro para que, em seguida, as críticas sejam apontadas.

Antes de entrar no assunto, torne o ambiente mais informal, traga conversas do dia a dia, para então expor o problema. Lidar bem com esse perfil de afetivos é atentar-se às suas emoções, já que eles têm a tendência de internalizar as emoções, carregando todas as dores do mundo para si mesmos.

Teste das Cores: a melhor maneira de descobrir o perfil do seu interlocutor

Bom, já vimos que não existem pessoas difíceis por natureza. Em vez disso, o que há são pessoas diferentes, com diferentes prioridades e maneiras de interpretar e agir sobre o mundo. Se você convive há muito tempo com alguém diferente de você, provavelmente já encontrou as melhores maneiras de lidar, evitar o confronto e até somar essas diferenças.

Mas e quando você acaba de conhecer a pessoa, de contratar um funcionário ou de iniciar em um emprego no qual não sabe exatamente que perfis de pessoas irá encontrar? Ou pior: e se você está há anos no mesmo lugar e até hoje não conseguiu decifrar o porquê de aquela pessoa te irritar ou pegar tanto no teu pé?

Nossa resposta é: faça você mesmo e apresente a eles o Teste das Cores da Rock Ensina. Depois de mais de 14 anos atuando na área de Recursos Humanos e ajudando empresas a contratar melhor, o professor Roberto Sachs desenvolveu uma ferramenta prática, rápida e efetiva para ajudar a identificar os perfis de comportamento, o Teste da Cores.

Disponível online de maneira 100% gratuita, o Teste das Cores consiste em uma série de perguntas que permitem classificar você em quatro perfis de cores: Azul (Racional), Verde (Afetivo), Amarelo (Reflexivo) e Vermelho (Pragmático). Vale lembrar que todos podemos ter características das quatro cores, por isso o teste vai distribuir os seus pontos em cada uma delas e indicar aquelas que você têm mais ou menos predominância.

Trata-se de uma ferramenta simples e prática de autoconhecimento que dá a você a oportunidade de reconhecer seus pontos fortes e pontos fracos para então compreender como melhorar suas habilidades de comunicação.

Quer experimentar? Faça aqui o Teste das Cores da Rock Ensina e comece a transformar a sua vida e o seu ambiente de trabalho.

5 dicas essenciais para se comunicar com pessoas no dia a dia

Antes de terminar, deixamos aqui estas 5 dicas que vão te ajudar a se comunicar melhor no dia a dia, mesmo com as pessoas mais difíceis – ou diferentes de você!

  1. Identifique o perfil da pessoa com que você vai iniciar uma conversa
  2. Comunique-se respeitando a linguagem corporal dela (técnica do espelhamento). Se ela for uma pessoa racional, evite informalidade em excesso e demonstre seu ponto com fatos e planilhas, por exemplo
  3. Busque a identificação. Procure algo que vocês tenham em comum, pode ser uma dor ou um propósito, e tente trazer isso à tona
  4. Descomplique o discurso. Mesmo nos ambientes mais sérios, seja claro e mantenha as pessoas sempre na mesma sintonia que você
  5. Invista todos os dias na construção de um relacionamento mais duradouro. O ditado negócios, negócios, amigos à parte pode ser verdadeiro, mas também é fato que quanto mais você conhece o seu interlocutor, com suas qualidades e defeitos, mais franca e assertiva será a conversa entre vocês

Qual é a cor do seu perfil?

Descubra quais são seus pontos fortes e em quais habilidades você precisa investir. Faça o Teste das Cores e comece agora a transformar sua vida.