Compartilhar isto

Assine a Rock News!

Conteúdos sobre autoconhecimento! :)

O Marketing da Verdade

Como usar as redes sociais para melhorar a comunicação e a sua influência

O Marketing da Verdade
Helena Sachs
Compartilhar isto

O conteúdo começa após a sugestão abaixo

Qual é a cor do seu perfil?

Descubra quais são seus pontos fortes e em quais habilidades você precisa investir. Faça o Teste das Cores e comece agora a transformar sua vida.

O tema deste post, como se comunicar melhor na era digital e se utilizar do “marketing da verdade”, foi pauta da live do dia 11 de março de 2021 (assista à live no fim deste post), e teve como protagonistas Roberto Sachs, professor e CEO da Rock Ensina, e o Evandro, sócio-proprietário da Criscar Multimarcas.

Vamos utilizar as estratégias e ações feitas pela Criscar como exemplo de caso de sucesso prático em marketing nas redes sociais.

Caso prático da aplicação do marketing da verdade

A empresa Criscar Multimarcas completou, em 2021, 16 anos no mercado automobilístico em Piracicaba/SP e um dos proprietários, Evandro, conta como o marketing da loja foi mudando ao longo dos anos. A empresa, em seus primórdios, tinha como estratégia de divulgação anúncios pela cidade, entrega de papéis e pontos de venda, e hoje se vê ganhando relevância nas redes sociais com um conteúdo informativo, autêntico e transparente.

Evandro ressalta que o foco da empresa sempre foi continuar buscando por inovação, não apenas diante dos piores cenários, mas em toda sua existência. Por isso, como prioridade, os investimentos sempre foram direcionados para novas tecnologias, palestras e mentorias (incluindo algumas da Rock Ensina). Ou seja, pela busca de capacitação de toda a equipe de funcionários e sócios.

Tudo isso está relacionado à trilha azul da Rock Ensina, conforme prega o professor Roberto Sachs, já que é necessário estudar e reciclar o conhecimento, pois a saída para se destacar em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, é a qualificação constante.

Como consequência de muito conhecimento, determinação, disciplina e motivação, a Criscar conseguiu traduzir o seu propósito, que vai além de vender carros, e se resume no bom atendimento ao cliente e o alcance de sua satisfação plena. Diante disso, pensando também na transparência, na honra e compromisso existentes na atuação da loja, houve a criação de um slogan estratégico, que é sinônimo da percepção da empresa junto ao seu público: “Criscar Multimarcas, da confiança ao compromisso”.

De acordo com o professor Roberto Sachs, há duas identificações importantes para justificar o sucesso atual da Criscar, e ambas estão interligadas à trilha vermelha da Rock Ensina. A primeira é a paixão e, a segunda, é a definição de propósito. No geral, para que haja crescimento, é necessário que as empresas tenham combustível, ou seja, entendam a sua razão de ser e, mediante isso, definam uma direção a seguir.

A Criscar, buscando a evolução digital, após percorrer uma longa estrada pelas mídias tradicionais, se deparou com momentos de absoluta necessidade de inovação. Sempre muito próximo dos seus clientes e buscando compreender suas dores, a empresa começou a notar que muitas pessoas comentavam que os carros expostos para venda eram mais bonitos pessoalmente do que nas fotos divulgadas.

Foi assim que surgiu a necessidade de profissionalizar ainda mais, procurando com que houvesse a mais próxima equivalência entre as imagens de divulgação e o produto propriamente dito. Assim, a expectativa criada seria mais alta e, quando o cliente se depara com o carro, haveria então uma conexão maior do produto, com o seu preço.

Para que tudo isso se concretizasse, foi necessário o investimento em câmeras melhores, fotógrafos e a construção de um cenário que valorizassem os detalhes. Mas tudo isso se justifica, conforme preceitua o professor Roberto, pela razão de que não basta ser, tem que parecer ser, ou seja, o cuidado com a produção no geral, tornando o produto mais atrativo, está conectado a uma responsabilidade imensa com a imagem da empresa.

O que é o Marketing da Verdade

Ícaro de Carvalho conceituou o “marketing da verdade” como o marketing de Ned Flanders, personagem do desenho animado Simpsons, pois ele está sempre solícito a ajudar sem receber nada em troca. Isso tem relação com um marketing que deve ter como princípio ajudar as pessoas genuinamente, gerando um conteúdo útil e informativo sem que haja nenhuma cobrança monetária.

Tudo isso vai gerar um engajamento orgânico, tendo como base a verdade e o apoio, pois as pessoas não pagam mais por informação nos dias atuais, mas sim por suporte, direção e organização, de acordo com o professor Roberto Sachs.

Torna-se, então, estritamente valoroso a demonstração da imperfeição, da realidade das coisas por trás dos filtros, edições e “photoshop”, que são considerados o “mar vermelho” (quando há muita concorrência por um mesmo objetivo) da era digital. É um diferencial, portanto, plantar uma comunicação mais real, indo do lado oposto ao que a tecnologia nos proporciona hoje. Posto isso, podemos afirmar que existe uma tendência à autenticidade, simplicidade e transparência.

Conforme as palavras de Evandro, tendo como base a sua empresa, todo processo é minimamente pensado na produção de imagem dos carros, para transmitir a qualidade do produto, para que não haja qualquer ilusão da realidade, e que seja estritamente confiável se comprar um carro pela internet, por exemplo.

É por isso que, no Instagram de sua empresa, sendo uma persona que representa a pessoa jurídica, Evandro tem um quadro de vídeos em que busca por defeitos, imperceptíveis nas imagens, dos carros à venda, para haja que uma transparência genuína entre a empresa e seus clientes, praticando claramente o marketing da verdade.

A chave para o sucesso, portanto, é unificar a postagem profissional, técnica, com as postagens informais, que afloram a autenticidade e informalidade, resumindo muitas vezes em bastidores e histórias, proporcionando uma identificação da persona com o público, gerando sentido em suas vidas, ou seja, as pessoas não querem saber apenas de produtos.

A Criscar, por exemplo, tem os anúncios profissionais, postagens dos carros em qualidade máxima, informações técnicas e atendimento personalizado, porém, não deixa de lado, em seu perfil comercial nas redes, a espontaneidade, a produção de conteúdo improvisado, a verdade propriamente dita dos bastidores de todos os envolvidos no dia a dia da empresa.

Além disso, buscam pela valorização do relacionamento humano, denominado de H2H (humano para humano), presente na trilha verde aqui da Rock, já que buscam construir relações verdadeiras com as empresas envolvidas e funcionários, denominando-os de parceiros, já que compartilham de um ganho mútuo, pois trocam valores, experiências e colaborações, o que vai além de um ganho monetário propriamente dito.

De acordo com Elon Musk, fundador da Tesla, Inc. e SpaceX, vivemos em um coletivo mundial. Com isso, ser individualista, comportamentos e atitudes como “pensar que você é o centro de tudo”, sem pensar no comunitário, está fadado ao fracasso, já que a coletividade e o marketing da verdade passam a ser uma gestão humana de fazer as coisas e parece ser a tônica da perspectiva de futuro.

Os 4 princípios para o sucesso no marketing digital

De acordo com o professor Roberto Sachs, os pilares necessários para alavancar nas redes sociais são chamados de 4C do Marketing Digital. Eles se resumem em:

  1. Criatividade – Interligada à trilha amarela da Rock Ensina, se relaciona com o poder de reinvenção, de criação.
  2. Cultura – Sinônimo de repertório cultural, que se representa pela amplitude de referências e mente aberta. Também está ligado à trilha amarela da Rock Ensina.
  3. Conexão – Está ligada à rede de comunicações sólidas, e se relaciona com a trilha verde da Rock Ensina.
  4. Curadoria – Significa a capacidade de zelar e cuidar de um conteúdo de tanto o estudar e assim proporcioná-lo de forma simplificada ao seu público. Está interligado à trilha azul da Rock Ensina.

Como usar as redes sociais para melhorar a comunicação e a sua influência?

Uma forma de se conectar de forma mais profunda com a sua audiência é o uso de vídeos. O consumo de vídeos, especialmente os mais curtos, em redes sociais, e em qualquer comunicação digital (como o que fazemos no WhatsApp, por exemplo), tem crescido muito nos últimos anos.

Muitas pessoas são tímidas, dizem que não conseguem gravar um vídeo. Começar dá mesmo um gelinho na barriga mas, para superar tal empecilho, uma dica valiosa é não marcar hora para gravar, use mais da espontaneidade e do improviso. Como as ideias surgem sem aviso prévio e, aproveitando que você é a pessoa mais habilitada de falar sobre o que você faz, o vídeo deve ser feito em qualquer lugar, sem muita preocupação, para que o impulso da comunicação seja aproveitado.

Isso ainda vai tornar a informação mais original, que é o que as pessoas buscam. Então, o improviso é importante. No caso da Criscar, por exemplo, eles não são profissionais especialistas em redes sociais, mas sim especialistas em vender carros. Por exemplo, o conteúdo que eles criam tem muita informação de alto nível sobre carros, dicas de manutenção e como encontrar problemas na hora de comprar um novo carro, mesmo que a qualidade dos vídeos não sejam cinematográficas. Autenticidade, simplicidade na comunicação, respeitando seu DNA, ou seja, sua essência, seu jeito, isso é o marketing da verdade, genuíno em todas as suas formas.

Live “O Marketing da Verdade”

Tivemos alguns problemas técnicos com o áudio no início desta live (depois melhorou). Nada mais marketing da verdade que isso, né? Mas, em breve, a live completa estará em nosso canal do YouTube (esperamos que com qualidade melhor). Agradecemos por sua audiência!

Qual é a cor do seu perfil?

Descubra quais são seus pontos fortes e em quais habilidades você precisa investir. Faça o Teste das Cores e comece agora a transformar sua vida.