Índice

Compartilhar isto

Assine a Rock News!

Conteúdos sobre autoconhecimento! :)

Como mudar hábitos e dar novo rumo à sua vida

Como mudar hábitos
Helena Sachs
Compartilhar isto

O conteúdo começa após a sugestão abaixo

Qual é a cor do seu perfil?

Descubra quais são seus pontos fortes e em quais habilidades você precisa investir. Faça o Teste das Cores e comece agora a transformar sua vida.

Um estudo da Universidade de Duke (EUA) estima que mais de 40% das nossas ações diárias são hábitos, não decisões intencionais. Por isso, sabemos muito bem que começar a mudar hábitos não é nada fácil, né? Ficamos acostumados facilmente com maus hábitos, porque eles trazem recompensas imediatas.

Logo após o almoço, quando bate uma preguiça, é muito mais fácil comer alguns chocolates para recompensar a energia do que apenas tomar um café ou conversar com os amigos.

O livro ‘’O Poder do Hábito’’, de Charles Duhigg, nos ensina que o ciclo de um hábito se resume em uma deixa, uma recompensa e a rotina propriamente dita.

Entendendo como funciona sua criação, é possível mudar hábitos levando em consideração suas etapas.

Apenas questionando os seus hábitos você consegue sair do automático e dar um novo rumo à sua vida. De acordo com Duhigg, a mudança de um hábito pode não ser rápida e nem sempre é fácil. Mas com o tempo e esforço, qualquer hábito pode ser remodelado.

A mudança de hábitos

Para mudar hábitos é necessário seguir alguns passos:

Identificar a deixa: Quando você percebe que algo já virou rotina, é necessário procurar qual é a deixa para você fazer sempre o que faz. Ela pode ser um horário, um lugar, algumas emoções ou até mesmo pessoas. Por exemplo, pessoas com compulsão alimentar, muitas vezes, ao sentir ansiedade acabam tendo um distúrbio alimentar caracterizado pela ingestão exagerada de alimentos.

Identificar qual é a recompensa: Questione-se sobre qual desejo o seu hábito está satisfazendo. Ao identificá-lo, busque algo que possa substituí-lo. Por exemplo, se você vai jogar videogame quando está muito estressado, tente trocar por uma caminhada ao ar livre, uma aula para aprender a tocar novos instrumentos musicais ou até mesmo se desafiar na cozinha.

Criar uma rotina: Ao identificar a deixa e a recompensa, o último passo é criar uma nova rotina. Por exemplo, todo dia após o almoço vou comer uma fruta e tomar um café ao invés de comer vários doces. Ou então, vou acordar às 8 horas e praticar exercícios físicos, ao invés de dormir tarde como consequência de jogos noturnos.

Ame o processo

Toda mudança é complicada. Sair da zona de conforto não é algo que pode ser feito da noite para o dia. Envolve mini sacrifícios diários e muita resiliência para seguir firme no processo.

Uma das formas de amenizar esse sofrimento é começar aos poucos, lembrar que se evoluímos 1% por mês, isso já é significativo. Não ache que uma pessoa sedentária pode em 1 semana estar correndo uma maratona de 10km.

Tudo deve seguir o seu curso natural. Não dá para ser 8 ou 80. É a mesma coisa com relação a dietas, por exemplo, uma pessoa que está se alimentando mal não pode, da noite para o dia, achar que pode cortar tudo.

Colocando pequenos hábitos prazerosos, como a ingestão de 2 tabletes de chocolate ou então 1 hora de videogame por dia, em uma rotina saudável com hábitos mestres, é possível evoluir amando o processo.

Os hábitos mestres

Hábitos mestres são aqueles capazes de desencadear boas reações no modo com que as pessoas organizam a própria vida.

Um grande exemplo deles é a prática de exercícios físicos, que mesmo inconscientemente acaba influenciando para uma rotina de vida mais saudável no geral, como uma boa alimentação e um bom sono.

 

Qual é a cor do seu perfil?

Descubra quais são seus pontos fortes e em quais habilidades você precisa investir. Faça o Teste das Cores e comece agora a transformar sua vida.